terça-feira, janeiro 27, 2015

GRANDE MOBILIZAÇÃO QUE COMEÇA A TOMAR VULTO NA INTERNET.

Mobilização vai tomar vulto na Internet  caminhada dia 31/01/2015 nas capitais.
GOVERNO FEDERAL E POLÍTICOS ESTÃO PREOCUPADÍSSIMOS COM UMA GRANDE MOBILIZAÇÃO QUE COMEÇA A TOMAR VULTO NA INTERNET.
É, o clima lembra o período que antecedeu a revolução francesa. O terceiro estado (povo esclarecido) clama por justiça. Há uma enorme movimentação pela internet para reunir um milhão de pessoas na Avenida Paulista pela demissão de toda a classe política (ainda sem data marcada). Este e-mail de convocação já começou a  circular e está sendo lido por centenas de milhares de pessoas. É importante que você repasse para todos os seus contatos. A guerra contra o mau político, e contra a degradação da nação está começando. Não subestimem o povo esclarecido que começa a sair da inércia e de sua zona de conforto para lutar por um Brasil melhor. Todos os ''governantes'' do Brasil, até aqui, falam em cortes de despesas - mas não CORTAM despesas - querem o aumentos de impostos como se não fôssemos o campeão mundial em impostos. A história nos mostra que muitos governantes caíram e até perderam suas cabeças exatamente por isto.
Nenhum governante fala em:
1.    Reduzir as mordomias (gabinetes, secretárias, adjuntos, assessores, suportes burocráticos respectivos, carros, motoristas, 14º e 15º salários etc.) dos poderes da República.
 
2.    Redução do número de deputados da Câmara Federal, e seus gabinetes, profissionalizando-os como nos países sérios. Acabar com as mordomias na Câmara, Senado e Ministérios, como almoços opíparos, com digestivos e outras libações, tudo à custa do povo;
 
3.    Acabar com centenas de Institutos Públicos e Fundações Públicas que não servem para nada e, têm funcionários e administradores com 2º e 3º emprego;
 
4.    Acabar com as empresas Municipais, com Administradores a auferir milhares de reais/mês e que não servem para nada, antes, acumulam funções nos municípios, para aumentarem o bolo salarial respectivo.
 
5.    Acabar com as Câmara Estaduais, que só servem aos seus membros e aos seus familiares.
6.    Redução drástica da quantidade de vereadores, acabar com os salários de vereadores, diminuir os gastos das Câmaras Municipais e das Assembleias Estaduais.
 
7.    Acabar com o Financiamento aos partidos, que devem viver da quotização dos seus associados e da imaginação que aos outros exigem, para conseguirem verbas para as suas atividades; Aliás, 5 partidos apenas, seria mais que suficiente.
 
8.    Acabar com a distribuição de carros a Presidentes, Assessores, etc., das Câmaras, Juntas, etc., que se deslocam em digressões particulares pelo País;
 
9.    Acabar com os motoristas particulares 24 h/dia, com o agravamento das horas extraordinárias... para servir suas excelências, filhos e famílias e até, as ex-famílias.
 
10. Acabar com a renovação sistemática de frotas de carros do Estado;
 
11. Colocar chapas de identificação em todos os carros do Estado. Não permitir de modo algum que carros oficiais façam serviço particular tal como levar e trazer familiares e filhos, às escolas, ir ao mercado a compras, etc.;
 
12. Acabar com o vaivém semanal dos deputados e respectivas estadias em hotéis de cinco estrelas pagos pelos contribuintes;
 
13. Controlar o pessoal da Função Pública (todos os funcionários pagos por nós que nunca estão no local de trabalho). HÁ QUADROS (diretores gerais e outros) QUE, EM VEZ DE ESTAREM NO SERVIÇO PÚBLICO, PASSAM O TEMPO NOS SEUS ESCRITÓRIOS DE CONSULTORIAS A CUIDAR DOS SEUS INTERESSES.
 
14. Acabar com as administrações numerosíssimas de hospitais públicos que servem para garantir aos apadrinhados do poder - há hospitais de cidades com mais administradores que pessoal médico. Às oligarquias locais do partido no poder.
 
15. Acabar com os milhares de pareceres jurídicos, caríssimos, pagos sempre aos mesmos escritórios que têm canais de comunicação fáceis com o governo, no âmbito de um tráfico de influências que há que criminalizar, autuar, julgar e condenar.
 
16. Acabar com as várias aposentadorias por pessoa, de entre o pessoal do Estado e entidades privadas, que passaram fugazmente pelo Legislativo.
 
17. Pedir o pagamento da devolução dos milhões dos empréstimos compulsórios confiscados dos contribuintes, e pagamento imediato dos precatórios judiciais.
 
18. Criminalizar, imediatamente, o enriquecimento ilícito, perseguindo, confiscando e punindo os ladrões que fizeram fortunas e adquiriram patrimônios de forma indevida e à custa do contribuinte, manipulando e aumentando preços de empreitadas públicas, desviando dinheiros segundo esquemas pretensamente "legais", sem controle, e vivendo à tripa forra à custa dos dinheiros que deveriam servir para o progresso do país e para a assistência aos que efetivamente dela precisam.
 
19. Não deixar um único malfeitor de colarinho branco impune, fazendo com que paguem efetivamente pelos seus crimes, adaptando o nosso sistema de justiça a padrões civilizados, onde as escutas valem e os crimes não prescrevem com leis à pressa, feitas à medida;
 
20. Impedir os que foram ministros de virem a ser gestores de empresas que tenham beneficiado de fundos públicos ou de adjudicações decididas pelos ditos.
 
21. Fazer um levantamento geral e minucioso de todos os que ocuparam cargos políticos, central e local, de forma a saber qual o seu patrimônio antes e depois.
 
22. Pôr os Bancos pagando impostos e, atendendo a todos nos horários do comércio e da indústria.
 
23. Proibir repasses de verbas para todas e quaisquer ONGs.
 
24. Fazer uma devassa nas contas do MST e similares, bem como no PT e demais partidos políticos.
 
25. Rever imediatamente a situação dos Aposentados Federais, Estaduais e Municipais, que precisam muito mais que estes que vivem às custas dos brasileiros trabalhadores e, dos Próprios Aposentados.
 
26. Rever as indenizações milionárias pagas indevidamente aos "perseguidos políticos" (guerrilheiros).
 
27. Auditoria sobre o perdão de dívidas que o Brasil concedeu a outros países.
 
28. Acabar com as mordomias (que são abusivas) da aposentadoria do Presidente da Republica, após um mandato, nós temos que trabalhar 35 anos e não temos direito a carro, combustível, segurança, etc.
 
29. Acabar com o direito do prisioneiro receber mais do que o salário mínimo por filho menor, e, se ele morrer, ainda fica esse beneficio para a família. O prisioneiro deve trabalhar para receber algum benefício, e deveria indenizar a família que ele prejudicou.
Já que esses nossos políticos e governantes não querem fazer reformas de fato, não querem passar o Brasil a limpo, cabe a nós, povo esclarecido, fazer isto através da mobilização em massa e ir para as ruas (sem vandalismo, sem black blocs, que são contra a sociedade) manifestar a nossa insatisfação.
Vamos juntos, vamos mostrar que no Brasil o povo esclarecido pode realmente mudar o rumo da história, já que pelas urnas vai ser difícil, por motivos óbvios.
Encaminhe este email para todos os seus contatos VAMOS NOS UNIR CONTRA AUMENTOS ABUSIVOS, CONTRA OS GASTOS E FARRA DO GOVERNO, ONDE QUEM PAGA É O POVO.

segunda-feira, janeiro 26, 2015

José Dirceu prepara sua mudança para o exterior



Ex-ministro da Casa Civil do governo Lula, que cumpre pena de prisão domiciliar, José Dirceu segredou a dirigentes do PT que pretende sair do Brasil tão logo sua situação legal o permitir. Ele planeja fixar residência na Europa, e gosta muito das opções França e Portugal. Mas também considera uma temporada em Havana, animado com o reatamento das relações diplomáticas entre Cuba e Estados Unidos.
Preso desde novembro de 2013, Zé Dirceu deseja voltar a viver como cidadão comum, livre, o que no Brasil, segundo ele, não seria possível.
O desejo de José Dirceu de ir para o exterior surpreendeu dirigentes do PT, com os quais tem articulado o comando de nova facção no PT.
Como aprecia os sabores locais, sobretudo os vinhos (Barca Velha é o seu favorito), é provável de Zé Dirceu escolha Portugal para morar.
(Por Cláudio Humberto)
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Como já foi dito, esse cara é mesmo uma piada! 
Está animado com o reatamento das relações de Cuba com os Estados Unidos? E as convicções de esquerda festiva, de guerrilheiro de butique?

Achava que ia ter facilidade de viver no Brasil depois de tudo? 

Acredita tanto na impunidade que já faz planos de cair fora, para gastar os milhões em paz!!!

sábado, janeiro 24, 2015

Eduardo Cunha promete não deixar passar pedido de impeachment contra Dilma.


Uma das maiores preocupações do PT com a eventual eleição de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para a presidência da Câmara é que ele acate um pedido de impeachment da presidente da República por causa do escândalo de corrupção na Petrobras. Conselheiros da presidente sugeriram a Dilma, logo após as eleições de outubro, que fosse feito um acordo com Eduardo Cunha para evitar tanto a instalação de uma nova CPI como um pedido de impedimento. O vice Michel Temer também advertiu que as investidas do governo contra Eduardo Cunha poderiam criar um inimigo para o Palácio do Planalto na presidência da Câmara. Não houve jeito. O PT manteve a candidatura de Chinaglia e o governo acionou seus aliados para bombardear o peemedebista. Na viagem ao Ceará, por exemplo, o governador e o prefeito locais cancelaram de última hora uma agenda institucional que teriam com Eduardo Cunha. O candidato, no entanto, assegurou que o temor do PT e do Palácio do Planalto não procede: "Se depender de mim, arquivo sumário". E depende. O regimento da Câmara prevê que seu presidente pode arquivar sumariamente eventuais pedidos de impeachment protocolados na Casa. Já aconteceu em mais de um governo, desde a redemocratização. E tem mais: se as investigações em curso mostrarem que a presidente da República teve alguma responsabilidade nos casos de corrupção revelados, ainda assim Eduardo Cunha tem argumentos para enviar um pedido de impeachment para o arquivo: "Arquivo sumário diante de qualquer quadro", disse o peemedebista. "A menos que seja uma coisa..." Ele para, pensa e completa: "Tenho uma filosofia: tudo que aconteceu com relação às denúncias que existem hoje aconteceu no mandato passado, encerrou no dia 31 de dezembro. Não vejo como responsabilizar, do ponto de vista político, em nenhuma circunstância, a presidente da República". Nos costumes, pode-se esperar um presidente da Câmara ultraconservador como foi o candidato a deputado federal Eduardo Cunha nas últimas eleições. Quando ele fala que terá respeito às minorias, refere-se à proteção que pretende dar às bancadas de oposição contra o rolo compressor governista, sempre que este for acionado. Nem de longe está pensando em liberalização em relação a temas como aborto ou descriminalização da maconha. São projetos que não pretende colocar em votação. Ponto. "Vão ter que me derrotar, tem o regimento, tem instrumentos para fazer isso", diz. Resumidamente: o deputado faz um requerimento de urgência, que deve ser assinado pela maioria dos líderes partidários para ser colocado em pauta. Ultrapassando essa barreira, o requerimento precisa ter no plenário uma votação da maioria absoluta para o projeto ser pautado. Ou seja, 257 deputados. Uma barreira intransponível, na atual relação de forças do Congresso. "Descriminalização de drogas, legalização de união civil de pessoas do mesmo sexo, qualquer cogitação em termos de aborto são temas, em minha agenda, inteiramente fora de cogitação", diz. Tem outro, muito caro ao PT: a regulação de mídia. "Serei frontalmente contrário, vão ter que passar por cima do meu cadáver para poder votar um projeto de regulação de mídia".

DEPUTADA ESTADUAL PETISTA GAÚCHA MEDALHA O PEITO DE TODA FAMÍLIA

ESCÂNDALO - ESCÂNDALO - DEPUTADA ESTADUAL PETISTA GAÚCHA MEDALHA O PEITO DE TODA FAMÍLIA, SÃO 20 FAMILIARES RECEBENDO A COMENDA MAIOR DA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA, INCLUSIVE PARENTE JÁ MORTO



Os petistas perderam completamente a modéstia e o pudor, conforme já tinha constatado o ex-ministro Nelson Jobim, em conversa com o ex-presidente Federando Henrique Cardoso. Agora, parece, perderam também completamente o senso de ridículo. Proibidos por lei do ex-deputado Bernardo Souza de praticar nepotismo direto ou cruzado, alguns deputados gaúchos parecem ter descoberto nova forma de homenagear a parentada. E a deputada estadual petista Marisa Formolo, que já abusou do direito de parecer um Catão do Rio Grande do Sul, extrapolou na medida. Ela tomou a iniciativa de conceder a maior honraria da Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul, Medalha do Mérito Farroupilha, para toda a sua família. Ela não poupou ninguém na família desse desenfreado desejo de medalhar, deu uma medalha inclusive para parente já morto. No final da tarde de ontem, quarta-feira, seu irmão, Armando Formolo, recebeu a honraria máxima do parlamento gaúcho, a Medalha do Mérito Farroupilha. Na lista de medalhados da família da petista Marisa Formolo estão o marido, a filha, genro, neta, nora, irmãs e cunhados. Veja a lista na íntegra da parentada da petista Marisa Formolo medalhada pela Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul:

VILSON PASCOAL DALLA VECCHIA - MARIDO 
GIOVANA FORMOLO DALLA VECCHIA - FILHA 
PABLO BECK PUHLE - GENRO 
VERÔNICA FORMOLO DALLA VECCHIA BECK PUHLE - NETA 
CAROLINE FORMOLO DALLA VECCHIA - FILHA 
EDUARDO GIGANTE - GENRO 
MANUELA DALLA VECCHIA GIGANTE - NETA 
THIAGO FORMOLO DALLA VECCHIA - FILHO 
YAEL PRIZANT - NORA 
VELOCINO FORMOLO (IN MEMORIAM) - IRMÃO
NILVA FORMOLO - CUNHADA
ARMANDO LUIZ FORMOLO - IRMÃO 
JANDIRA FORMOLO - CUNHADA
CELESTINA FORMOLO PONTALTI - IRMà
ALDINA FORMOLO POLETTO - IRMà
VALDIR POLETTO - CUNHADO 
VALDOINO FORMOLO - IRMÃO 
MARIA ELI FORMOLO - CUNHADA 
JACIR ROBERTO FORMOLO - IRMÃO 
CRISTINA FORMOLO - CUNHADO

A medalha do Mérito Farroupilha é a distinção máxima da Assembléia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul. É uma medalha destinada a pessoas que contribuíram para o desenvolvimento econômico, social e cultural do Estado. A condecoração foi criada em 1995. A medalha consiste em uma faixa com as três cores da bandeira do Rio Grande do Sul (amarelo, vermelho e verde) e uma estrela de oito pontas. Mas, não é de estranhar que a Assembléia Legislativa gaúcha, um parlamento totalmente desmoralizado, tenha permitido esse tipo de infâmia, afinal o Parlamento é presidido por um deputado que está respondendo processo por formação de quadrilha, Gilmar Sossella. 

segunda-feira, janeiro 19, 2015

OS INGLESES E A SUA ESTRANHA JUSTIÇA

Em 2003, um deputado inglês chamado Chris Huhne foi pego por um radar dirigindo em alta velocidade. Para não perder a carteira, pois na Inglaterra é feio uma autoridade infringir a Lei, a mulher dele, Vicky Price, assumiu a culpa.
 
O tempo passa, o deputado vira Ministro da Energia, o casamento acaba, a Vicky decide se vingar e conta a história para a imprensa.

Como é na Inglaterra, o tal do Chris Huhne é obrigado a se demitir primeiro do ministério e depois do Parlamento. 

ACABOU A HISTORIA?... NÃO...!

Na Inglaterra é crime mentir para a Justiça, ...então a Justiça sentenciou o casal envolvido na fraude do radar em 8 meses de cadeia pra cada um. 
E vão ter de pagar multa de 120 mil libras, uns 350 mil reais.

Segredo de Justiça? Nem pensar, julgamento aberto ao público e à imprensa.

Segurança Nacional? Nem pensar, infrator é infrator.

Privilégio porque é político? Nadica de nada!

 E o que disse o Primeiro Ministro David Cameron quando soube da condenação do seu ex-ministro: 
'É uma conspiração da mídia conservadora para denegrir a imagem do meu governo.' 

 Certo? Errado.

 O que disse o Primeiro Ministro David Cameron acerca do seu ex-ministro foi o seguinte: 'É pra todo mundo ficar sabendo que ninguém, por mais alto e poderoso que seja, está fora do braço da Lei.'

 Estes ingleses são um bando de botocudos.

 Só mesmo nesses paizinhos capitalistas europeus um ministro perde o cargo por mentir para um guarda de trânsito. 
 
 Porque aqui sim, neste maravilhoso paraíso chamado Brasil, a primeira lei que um guarda de trânsito aprende é saber com quem está falando.

Punições contra a Petrobras serão duras nos EUA

Professor
Punies contra a Petrobras sero duras nos EUA
São incalculáveis as consequências do escândalo do ouro negro (petrolão) para a Petrobras. É que as artilharias sancionatórias, desta vez, não serão lançadas exclusivamente das frágeis bases nacionais (aliás, até aqui, lenientes como sempre), senão também dos EUA, que preparam duríssimas reprimendas contra a empresa (que já sente, desde as profundezas das suas estruturas, os efeitos nefastos das patifarias político-empresariais tupiniquins, conhecidas como P6: Parceria Público/Privada para a Pilhagem organizada do Patrimônio Público). As penas do mensalão não serviram de lição inibitória às parcelas mais desqualificadas das classes dominantes que vivem da parasitação ilícita organizada da res pública. A conta sairá salgada, porque foram enormes os prejuízos causados aos acionistas. Resta saber se o valor final vai ser pago pelos aproveitadores inescrupulosos (que agora insinuam uma quebradeira geral, justamente para parasitar mais dinheiro do Estado) ou se será, uma vez mais, “socializada” por todos os brasileiros (que sempre arcaram com as pilhagens da cleptocracia nacional).
De acordo com o site Estadão 18/1/15, a ação simultânea da Securities and Exchange Comission (SEC), do Departamento de Justiça (DoJ) e dos tribunais norte-americanos indica que virão sanções duras contra a Petrobras (provavelmente superiores às aplicadas no caso Enron, em 2006, de US$ 7,2 bilhões), se comprovadas as denúncias de corrupção e apurados os prejuízos aos investidores estrangeiros. No Brasil a proteção aos investidores é precária (como precário é o funcionamento de todos os órgãos de controle, a começar pela CVM – Comissão de Valores Mobiliários -, ligada ao Ministério da Fazenda, e pelo Judiciário, que é extremamente moroso). A estrutura tecnológica, os recursos humanos e poderes de investigação da CVM ainda estão aquém de seu par americano. A brasileira tem um quadro de 500 pessoas e orçamento na casa dos R$ 300 milhões. Já a SEC solicitou US$ 1,7 bilhão em recursos para 2015 e tem 4 mil funcionários (veja Estadão citado). Só em 2014, arrecadou US$ 4,2 bilhões em penalidades, em 755 ações.
Por que as instituições dos EUA, apesar dos seus problemas (tais como os apresentados no escândalo financeiro de 2007-2008) funcionam mais eficazmente que as nossas? Os EUA têm um século a menos que o Brasil, mas mesmo assim são a maior potência mundial (na economia, no campo militar, na expansão cultural, na revolução cibernética e comunicacional etc.). O Brasil, apesar dos avanços, continua com 13 milhões de analfabetos, ¾ da população são analfabetos funcionais, 12º país mais violento do planeta (29 assassinatos para cada 100 mil pessoas), posição 79ª no IDH (nem sequer no primeiro grupo estamos), renda per capita de US$ 11 mil dólares (contra mais de US$ 50 mil dos EUA), baixa escolaridade geral (7,2 anos) etc. Por que somos tão diferentes? Milhares de fatores poderiam ser invocados para evidenciar nossas diferenças. Voltando nossos olhos apenas para ambas as formações históricas, rapidamente entendemos as diferenças abissais (e o quanto as decisões das elites dominantes são decisivas para a evolução – ou involução – de cada nação).
O Estado, no Brasil, se estruturou primeiro que a sociedade civil, por meio de feitorias, que aqui ganharam (em razão da situação falimentar do reino) novas tarefas: além de entreposto comercial elas desempenharam funções de agência de distribuição de terras, de cobrança de tributos, de administração do território e bancárias (Raymundo Faoro, Os donos do poder: 137). A “estadania” aqui fincou sua bandeira antes que a “cidadania” (que continua precária e deficitária até hoje para grande parcela da população). Os primeiros colonizadores do Brasil (gente treinada na expansão portuguesa na Índia, inadaptados ao trabalho na pátria de origem, os famintos e os sem terras) para ca vieram seduzidos pela ideia de se fazer fortuna prontamente; eram burocratas, nobres, militares fieis ao rei D. João III. Isso significou não apenas a implementação de uma grande colonização comercial em terras ultramarinas, senão também a presença do Estado português (na “fazenda” descoberta e apropriada). Primeiro o Estado, como se vê, depois a sociedade civil.
Fomos, portanto, inseridos no contexto mercantil mundial na posição de colônia, ou seja, de dependência, que até hoje (em muitos setores) ainda perdura. A presença do Estado português, ademais, moldou em formas rígidas (o reino português acabava de inaugurar o absolutismo, com D. João II – 1481-1495) o desabrochar da sociedade civil brasileira (Oliveiros S. Ferreira, A teoria da “coisa nossa”: 34). Ou seja: com a colonização vieram também as inflexíveis instituições sociais (a estratificação social, a estruturação do poder, a formação política e cultural etc.), que abarcavam não apenas um dos Estados mais fechado em si mesmo de toda a Europa (absolutista, autoritário, centralizador, guerreiro, periférico em seu continente, conservador, gastador, ganancioso, expansionista, mas já estagnado – veja G. Neder, Iluminismo jurídico-penal luso-brasileiro: 37 e ss.), senão também a Igreja, estranha aos nativos, que para ca veio com o propósito de converter os habitantes da terra e reforçar o patriarcalismo da organização familiar (Oliveiros S. Ferreira, citado: 34). A organização social brasileira, como se nota, nasce sob o império da teocracia, do patriarcalismo, do autoritarismo e do conservadorismo.
Nos Estados Unidos deu-se precisamente o contrário: primeiro nasceu a sociedade, depois vieram o Estado e suas instituições, criados pelos habitantes da terra, à sua maneira (respeitando-se as liberdades públicas, especialmente as contempladas na Magna Carta de 1215). Os navios que trouxeram ao Brasil os primeiros habitantes, incluindo-se os donatários (das capitanias hereditárias), não transportaram umatransmigração (mudança de um país para outro local com intenção de criar nova pátria), senão colonos e funcionários (incluindo nobres e militares) que vieram para comandar e guerrear, num tipo de cruzada comercial expropriatória, ficando com suas cabeças em Lisboa. As colônias inglesas, forjadas um século depois, se também tinham o ânimo mercantilista de abastecer a metrópole, tomaram rumo completamente oposto à desastrada (para os colonizados) e cruel espoliação portuguesa. Olhando-se para o passado das duas colonizações percebe-se algumas razões para as disparidades institucionais atuais.

O estranho caso do helicóptero engavetado

A mídia não quis investigar o caso do helicóptero dos Perrelas
A mídia não quis investigar o caso do helicóptero dos Perrelas
Se você me pergunta qual foi o maior papelão da mídia brasileira em 2013 respondo com meia tonelada de motivos que foi o caso do helicóptero dos Perrelas.
Só no Brasil 500 quilos de cocaína não são notícia.
Na Indonésia, uma senhora britânica de 56 anos foi condenada à morte, por fuzilamento, por ser presa com cinco quilos de cocaína. Cem vezes menos, portanto.
Na mídia de Londres, ela é chamada de “Vovó Inglesa’, por ter netos. Sua defesa ainda luta para transformar a pena de morte em prisão perpétua.
Na Indonésia, como na China, a lei é extraordinariamente severa com o tráfico de drogas em consequência dos traumas sofridos no século 19, quando os britânicos impuseram, na base dos canhões, aos asiáticos o consumo de ópio. Essa página obscena do império britânico passaria à história como as Guerras do Ópio, sobre as quais escrevi algumas vezes no DCM.
Longe de mim sugerir rigor asiático no combate ao tráfico.
Mas, jornalisticamente, 500 quilos de cocaína não são nada? Pelo comportamento da mídia brasileira, não são nada.
Ninguém se esforçou, então, para trazer luz para o escândalo. Ao contrário, todo mundo tentou esconder a notícia, provavelmente para preservar Aécio Neves, amigos dos Perrelas e conhecido festeiro.
Todos sabem o que teria ocorrido caso os donos do helicóptero fossem amigos não de Aécio, mas de Lula, ou Dirceu.
Na ausência de qualquer esforço investigativo, o assunto foi minguando e hoje é quase nada.
O helicóptero foi, simplesmente, engavetado.
No futuro próximo, a internet terá recursos suficientes para bancar investigações que a mídia corporativa não quer fazer. Ou o crowdfunding – o financiamento da comunidade de leitores – ou a publicidade trará dinheiro que hoje é escasso.
Até lá, as pessoas interessadas em jornalismo independente e informação isenta terão que conviver com coisas estapafúrdias como este caso.
Notícia, para a mídia ‘livre’, é aquilo que é favorável a ela ou a seu grupo de amigos e parceiros, e desfavorável para seus desafetos.
Compare a cobertura dada ao helicóptero com a cobertura dada a uma oferta de emprego para Dirceu, e você vai entender o que move a mídia.
Por isso ela é tão desacreditada.
E por ser tão revelador do espírito bipolar das grandes companhias jornalísticas, o caso do helicóptero é o Fracasso do Ano da mídia brasileira.
Sobre o Autor
O jornalista Paulo Nogueira é fundador e diretor editorial do site de notícias e análises Diário do Centro do Mundo.

AS DUAS DELAÇÕES DO CAPITÃO DE MAR E GUERRA SERGIO LUIZ DA MOTTA ZOROVICH AO BRASIL


 

 
http://2.bp.blogspot.com/-m7EDnyiJDsI/VJZbYVqjqNI/AAAAAAAABzM/axv9rNCT8ao/s1600/WWWWWWZULU19R.jpg
 
AS DUAS DELAÇÕES DO CAPITÃO DE MAR E GUERRA SERGIO LUIZ DA MOTTA ZOROVICH AO BRASIL 

PRIMEIRA DELAÇÃO

CARTA À NAÇÃO BRASILEIRA – DELAÇÃO

AQUI ESTÁ UMA BOA PARTE DO BOJO DO ICEBERG DA CORRUPÇÃO NA PETROBRÁS.
ATÉ AGORA FOI MOSTRADA E APURADA APENAS A PONTA DESTE ICEBERG
EU TENHO TODO O BOJO E OS NOMES :

1- " PETRONEC ” = SISTEMA ELETRÔNICO DE LICITAÇÕES DA ESTATAL = QUE É CONTROLADO POR UMA MULTINACIONAL CHAMADA ”BUREAU VERITAS”, LEIAM-SE AQUI OS NOMES DE RENATO DUQUE, DILMA VANA ROUSSEF E LUIZ INÁCIO DA SILVA.

2-  EXPORTAÇÃO DE ÓLEO COMBUSTÍVEL SUBSIDIADO, SENDO ESTE UM DOS 10 MAIORES ÍTENS DE EXPORTAÇÃO DO BRASIL.
LEIA-SE AQUI O SENADOR SÉRGIO MACHADO (PRESIDENTE DA TRANSPETRO E DELATADO POR PAULO COSTA), DILMA VANA ROUSSEF E LUIZ INÁCIO DA SILVA.
*OBS: NESTE SEGUNDO ÍTEM, APENAS PELAS MINHAS MÃOS, E APENAS NO PORTO DE SANTOS, PASSARAM EXATAMENTE 100.000 GUIAS DE EXPORTAÇÃO .
QUEM NÃO SE LEMBRA DE QUE, EM 2008, HOUVE A OPERAÇÃO DA POLÍCIA FEDERAL REFERENTE À ”MÁFIA DO ÓLEO” ?
POIS BEM, EU TIVE ACESSO AO INQUÉRITO VIA UMA ALTA AUTORIDADE NAVAL.
A OPERAÇÃO FOI POSTERIORMENTE ABAFADA MAS, A 20 METROS DE ONDE EU ESTAVA, FOI ASSASSINADA A 32ª VÍTIMA. POIS BEM 32 MORTOS DEVIDO AO QUE CITEI ACIMA NOS PORTOS DE PARANAGUÁ, SANTOS, RIO DE JANEIRO E  VITÓRIA.
TIREM SUAS CONCLUSÕES!

POIS BEM, SE ESTES 02 ÍTENS FOREM EXPLICITADOS, A ESTATAL BRASILEIRA QUEBRA, POIS NÃO HÁ RECURSOS NO TESOURO NACIONAL QUE SUSTENTEM O ROMBO E O ROUBO.
ESTES 02 CASOS ESTÃO SENDO ABAFADOS POR TODOS OS CONGRESSISTAS UMA VEZ QUE GRANDE PARTE MAMA NAS TETAS DESTA CORRUPÇÃO ACIMA MENCIONADA.

ESTES 02 ÍTENS, SE ABERTOS A UMA INVESTIGAÇÃO PROBA, DERRUBA E PRENDE DILMA VANA ROUSSEF, LUIZ INÁCIO DA SILVA, DUAS CENTENAS DE PARLAMENTARES E CENTENAS DE AUTORIDADES E EMPRESÁRIOS.O ESTADÃO SABE DISSO.

QUERO SABER POR QUE O BOLSONARO NÃO DELATOU NO PARLAMENTO TAL FATO POIS ELE SABE!!!


SEGUNDA DELAÇÃO AO BRASIL

PARTICIPO QUE, NA SEXTA FEIRA ANTERIOR À SEMANA DAS ELEIÇÕES, NA CIDADE DE SÃO PAULO, A ALTA DIREÇÃO DO GRUPO FOLHA , NO QUAL ESTÁ O PASQUIM FOLHA DE SÃO PAULO, RECEBEU NA SUA SEDE PARA UM ALMOÇO SECRETO, A ALTA DIREÇÃO DO GRUPO ODEBRECHT.
ACREDITO QUE NINGUÉM TENHA DÚVIDA SOBRE O ASSUNTO.
AQUELES QUE SE INTERESSAREM E PUDEREM, QUE FAÇAM SUAS INVESTIGAÇÕES.

AQUI FAÇO QUESTÃO DE AFIRMAR QUE TENHO DUAS CARACTERÍSTICAS DE BERÇO :
1- EU NÃO MINTO
2- SOU HONESTO
*OBS: ATÉ JÁ TENTARAM POR DUAS VEZES, JUNTO ÀS ALTAS AUTORIDADES DO BRASIL, QUEBRAR A MINHA CREDIBILIDADE, MAS  NÃO CONSEGUIRAM.
UMA DELAS CHAMA-SE MARIA DAS GRAÇAS , PRESIDENTA DA PETROBRAS , QUE FOI A BRASÍLIA PEDIR A MINHA PRISÃO...


E ASSIM FOI DECRETADA A VITÓRIA DE DILMA VANA ROUSSEF.


EIS PORTANTO A MINHA DELAÇÃO.

QUE OS JORNALISTAS INVESTIGATIVOS HONESTOS DO BRASIL E DO ESTRANGEIRO PESQUISEM POIS DA APURAÇÃO OFICIAL NUNCA SAIRÁ UMA PALAVRA.

O SENADOR ÁLVARO DIAS JÁ ME BLOQUEOU TOTALMENTE OS ACESSOS DE COMUNICAÇÃO POR CAUSA DESTES 02 CASOS.

OBRIGADO!

SERGIO LUIZ DA MOTTA ZOROVICH
CAPITÃO DE MAR E GUERRA
PRESIDENTE DO GRUPO ZOROVICH
OBS : DE 2.000 ATÉ JANEIRO DE 2013 PRESTOU SERVIÇOS A PETROBRAS.

Este Capitão-de Mar-e-Guerra (Ref) é pessoa séria, cidadão honesto e oficial de Marinha “highly reliable”.

Divulguem pois seu relato com certeza é de extrema confiabilidade e veracidade.


sexta-feira, janeiro 16, 2015

Rosane de Oliveira: consultoria aponta rombo de R$ 7,1 bilhões nas contas do RS

Nos últimos cinco anos, despesa cresceu, em média, dois pontos percentuais a mais do que as receitas

16/01/2015 | 04h02
Rosane de Oliveira: consultoria aponta rombo de R$ 7,1 bilhões nas contas do RS Luiz Chaves/Palácio Piratini/Divulgação
Governador apresentou os números em encontro com aliados no Galpão Crioulo do Palácio PiratiniFoto: Luiz Chaves / Palácio Piratini/Divulgação
O arroz de carreteiro e o sagu com creme servidos no Galpão Crioulo do Palácio Piratini, ao meio-dia desta quinta-feira, foram indigestos para os deputados e líderes de partidos aliados convidados pelo governador José Ivo Sartori para ouvir um diagnóstico sobre a situação financeira do Estado. Os números levantados pela consultoria PricewaterhouseCoopers (PwC), contratada pelo Movimento Brasil Competitivo, são de tirar a fome de quem terá de administrar o Estado e dos deputados que precisarão defender as medidas duras a serem adotadas neste e nos próximos anos. O mais assustador deles é o do déficit previsto para este ano: R$ 7,1 bilhões.
O número choca porque é bem superior ao apurado pela equipe de transição, que estimava o déficit em R$ 5,4 bilhões. Os consultores se vacinaram para possíveis variações, esclarecendo que trabalharam com dados de fontes públicas, até 31 de outubro, e estimativas sobre o fechamento do ano. Os dados da Fazenda são mais realistas, porque contabilizam o Refis e um empréstimo de R$ 1,1 bilhão que entrou no final do ano.
Algumas conclusões são semelhantes às do economista Darcy Carvalho dos Santos, que há meses vem advertindo que no orçamento de 2015 a receita está superestimada e despesa subestimada. No executado de 2014, a receita ficou 5,7% abaixo do previsto e a despesa ultrapassou o estimado em 5,2%. .
Recuando no tempo, a consultoria concluiu que de 2009 a 2014 a receita aumentou em média 11,3% ao ano e a despesa cresceu 13,6%. O mais preocupante, segundo deputados que participaram do almoço, é o esgotamento das fontes de financiamento do déficit. Numa perspectiva otimista, o decreto de contenção de despesas, assinado por Sartori no primeiro dia útil de governo, deve resultar numa economia de R$ 600 milhões no ano. Esse valor equivale a 10 dias do salário de ativos e inativos.
Deputados de diferentes partidos elogiaram a iniciativa de compartilhar as informações, mas cobraram do governo uma estratégia de comunicação para mostrar a situação em que recebeu o Estado. Sartori prometeu dar transparência aos números, "com responsabilidade e sem olhar para trás". A apresentação deve ser feita até o final de janeiro.

A Casa caiu ...

...para a Caixa Econômica Federal.
 
Os números sorteados nos concursos Mega Sena: 1225 e 1226 !!! 

1225 - números sorteados = 31 / 32 / 34 /40 / 50 / 55 ocorrido dia 23/10/2010. 

1226 - números sorteados = 10 / 31 40 /50 55 / 56 ocorrido dia 27/10/2010


O que foi que aconteceu?????? 
nunca tivemos tantos números repetidos em jogos consecutivos!!!!
 

A GRANDE FARSA É DESCOBERTA! 
SE VOCÊ FAZ APOSTAS, ESTÁ SENDO ENGANADO!!!

A Polícia Federal desconfiou que estivesse havendo algum tipo de fraude na MEGA SENA e, mal começaram as investigações, pegaram várias pessoas envolvidas no esquema, entre elas, funcionários, auditores, e muito peixe grande, ligadas diretamente ao governo.
Era muita gente envolvida no esquema. Eles fraudavam o peso da bolinha, fazendo sempre dar os números que eles quisessem e botavam 'laranjas' para jogar em diferentes Estados.
Você que achava estranho a Mega Sena acumular tantas vezes seguidamente, e quando saía o prêmio, apenas uma pessoa ganhava, geralmente em algum lugar bem distante...
Só podia ser algum tipo de fraude mesmo!!!
Descobriram membros da quadrilha com 4 bilhões em contas nos paraísos fiscais; o que menos tinha, tinha 8 milhões...
 
Isso é sacanagem com o povo brasileiro, que trabalha demais; muitos deixam até de comer alguma coisa para fazer uma fezinha!O que muito me admira é que quase não houve divulgação!!!!!!
 
Na TV só passou uma vez no Jornal da Record, e outra na BAND...
Certamente foram censurados.... 
Está na cara que o governo não quer perder a bocada que fatura cada semana com os jogos, e nem quer mais CPIs... 

Está notícia não pode ficar na gaveta, espalhem!!!
Vamos nos unir e dar fim a essa grande rede de corrupção que envolve o nosso país.

Colabore com a DIVULGAÇÃO e ajude a desmantelar essa corja de corruptos que levam 45% do seu salário em impostos e ainda têm coragem de levar mais... 

Passe para todos da sua lista de contatos.

O BRASIL todo precisa saber!!! 
*O único jeito de acabarmos com essa patifaria é ninguém jogar mais em nada. 
Aí, a CAIXA ECONÔMICA vai ter um enorme prejuízo e, talvez só assim fará alguma coisa.

E o que as autoridades vão fazer agora???
Esconder como fizeram quando essa notícia vazou???

DIVULGUE...
MAS DIVULGUE MESMO, PARA QUE AS PESSOAS DE BEM - EM CONHECENDO - POSSAM SE MOBILIZAR!!!

Dilma responderá no STF por Obras do PT pelo mundo -( Inacreditável!!! )


 Um absurdo 200 vezes pior que o mensalão:
...COM O NOSSO DINHEIRO!!!
Descrição: cid:7B6A7F59895D4A6A81005A9EBCE7B2B8@PCVallim
Descrição: cid:0931A278DCFE40C2B2E69D3C0CC0C218@PCVallim
Descrição: cid:ABAC6BBC0E8544E8A36232AA5D2A5308@PCVallim
Descrição: cid:FAAF47889016418BAF6C290E1F3A80C6@PCVallim
Descrição: cid:CCB7785AD6DB4F2C9C367BE73B47E82A@PCVallim
Descrição: cid:205F0ECF679842D1A5A0CAE11DFA0AF3@PCVallim
Descrição: cid:BC2F2C932FB74D08AE3E5BBC2986B9AC@PCVallim
Descrição: cid:C8F09826D5874D5A93AB2A7EF4100440@PCVallim
Descrição: cid:F7E61AC3FDD345CBA77E5A1E320901EC@PCVallim
Descrição: cid:DBCDC72DFE0B4EBEA62AF2E673248D1F@PCVallim
Descrição: cid:6A5466758DF54482A21E18D556732FF2@PCVallim
Descrição: cid:62C26CBB3E95464E9FBCC6924396FEA7@PCVallim
Descrição: cid:2ED9D3361A6648BC88B8110EB1844BCF@PCVallim
Descrição: cid:A5586F8A34FF4EC187004ED32687E349@PCVallim
Descrição: cid:E1B69024BD8143F299BCA2912D680C97@PCVallim
Descrição: cid:F79A92B597D84A5F8D43FC5D248EFF8F@PCVallim
Descrição: cid:1A28AD65839E407AB574EE46E8E83F22@PCVallim
Descrição: cid:3591EAE292EE46C8B8CF5A0882E54B8E@PCVallim
Descrição: cid:4117315F16BA499DA412F75367A232C1@PCVallim

A BOMBA QUE O PT NÃO QUER QUE ESTOURE
Por iniciativa do valoroso e único parlamentar de quem se pode esperar atitudes, o STF se posicionará através de seu ministro presidente sobre o pedido do Senador Álvaro Dias (PSDB-PR) de que sejam revelados todos os meandros dos empréstimos de financiamento de obras no exterior, em especial em Cuba, Venezuela e Angola.
Assim o Sen. Álvaro Dias se pronunciou sobre o caso: “Não se pode admitir que o governo faça empréstimos vultosos sem que aqueles que pagam impostos saibam de informações como o valor dos empréstimos, o prazo de carência para o seu resgate, taxas de juros. Não vejo outro assunto que revolte tanto a população como saber que o governo empresta dinheiro dos brasileiros para a construção de um porto em Cuba, para o metrô de Caracas, para a construção de uma hidrelétrica na Venezuela, entre outras tantas obras em países controlados por ditadores sanguinários”.
Eu, até então, desconhecia a extensão dos empréstimos e para que eles serviam nesses países. Sabe-se agora que não foi apenas para se construir o Porto de Mariel, em Cuba, que o nosso suado dinheirinho foi empregado. Enquanto São Paulo e, principalmente, Salvador sofrem com a falta de transporte via metrô, o BNDES financia completamente o metrô de Caracas.
Calcula-se que o desvio de dinheiro público por intermédio desses “empréstimos” é tão grande que o Mensalão será completamente esquecido por ter sido apenas um ‘roubozinho’ sem a “menor importância.
Lembrem-se de que os empréstimos foram feitos em moeda estrangeira, dólares, bilhões deles!
Se o Brasil tiver a sorte de ter como relator da matéria um Luiz Fux ou um Gilmar Mendes, o PT estará com seus dias contados, pois o roubo é tão grande que ninguém é capaz de avaliar o quanto.
Vamos torcer para que seja um desses dois ministros o relator, porque se cair nas mãos de Barroso, Toffoli, Lewandowski ou daquele gaúcho…
Bom, melhor esperar pra vermos.
O pedido de Álvaro Dias é uma ação direta contra a Presidenta Dilma Rousseff, o ministro Mauro Borges (Desenvolvimento, Indústria e Comércio) e o presidente do BNDES, Luciano Coutinho. Álvaro Dias fez seu pedido ao STF com base na Lei nº 12.527, de 2011, (Lei de Acesso à Informação) que, conforme preceitua seu art. 1º, tem a finalidade de “garantir o acesso a informações previsto no inciso XXXIII do art. 5º, no inciso II do § 3º do art. 37 e no § 2º do art. 216 da Constituição Federal”.
Dessa ação judicial dependerá o futuro de Rousseff e seu séquito de seguidores, incluído aí o chefão de todos: Luis Inácio da Silva!
(Lourinaldo Teles Bezerra – O Diário do Poder – Cláudio Humberto)