quarta-feira, outubro 31, 2012

POLÊMICA: "A Inconstitucionalidade dos Pedágios"

Anderson da Luz
23 de outubro de 2011

Aluna de 22 anos afirma: "NÃO PAGO PEDÁGIO EM LUGAR NENHUM ". 
O texto está correndo o Brasil! LEIA:

"A Inconstitucionalidade dos Pedágios", desenvolvido pela aluna do 9º semestre de Direito da Universidade Católica de Pelotas (UCPel) Márcia dos Santos Silva choca, impressiona e orienta os interessados.

A jovem de 22 anos apresentou o "Direito fundamental de ir e vir" nas estradas do Brasil. Ela, que mora em Pelotas, conta que, para vir a Rio Grande apresentar seu trabalho no congresso, não pagou pedágio e, na volta, faria o mesmo. Causando surpresa nos participantes, ela fundamentou seus atos durante a apresentação.
Márcia explica que na Constituição Federal de 1988, Título II, dos "Direitos e Garantias Fundamentais", o artigo 5 diz o seguinte:

"Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade " E no inciso XV do artigo: "é livre a locomoção no território nacional em tempo de paz, podendo qualquer pessoa, nos termos da lei, nele entrar, permanecer ou dele sair com seus bens".

A jovem acrescenta que "o direito de ir e vir é cláusula pétrea na Constituição Federal, o que significa dizer que não é possível violar esse direito. E ainda que todo o brasileiro tem livre acesso em todo o território nacional O que também quer dizer que o pedágio vai contra a constituição".

Segundo Márcia, as estradas não são vendáveis. E o que acontece é que concessionárias de pedágios realiza contratos com o governo Estadual de investir no melhoramento dessas rodovias e cobram o pedágio para ressarcir os gastos. No entanto, no valor da gasolina é incluído o imposto de Contribuição de Intervenção de Domínio Econômico (Cide), e parte dele é destinado às estradas.

"No momento que abasteço meu carro, estou pagando o pedágio. Não é necessário eu pagar novamente Só quero exercer meu direito, a estrada é um bem público e não é justo eu pagar por um bem que já é meu também", enfatiza.

A estudante explicou maneiras e mostrou um vídeo que ensinava a passar nos pedágio sem precisar pagar. "Ou você pode passar atrás de algum carro que tenha parado. Ou ainda passa direto. A cancela, que barra os carros é de plástico, não quebra, e quando o carro passa por ali ela abre.

Não tem perigo algum e não arranha o carro", conta ela, que diz fazer isso sempre que viaja. Após a apresentação, questionamentos não faltaram. Quem assistia ficava curioso em saber se o ato não estaria infringindo alguma lei, se poderia gerar multa, ou ainda se quem fizesse isso não estaria destruindo o patrimônio alheio. As respostas foram claras. Segundo Márcia, juridicamente não há lei que permita a utilização de pedágios em estradas brasileiras.

Quanto a ser um patrimônio alheio, o fato, explica ela, é que o pedágio e a cancela estão no meio do caminho onde os carros precisam passar e, até então, ela nunca viu cancelas ou pedágios ficarem danificados. Márcia também conta que uma vez foi parada pela Polícia Rodoviária, e um guarda disse que iria acompanhá-la para pagar o pedágio. "Eu perguntei ao policial se ele prestava algum serviço para a concessionária ou ao Estado.

Afinal, um policial rodoviário trabalha para o Estado ou para o governo Federal e deve cuidar da segurança nas estradas. Já a empresa de pedágios, é privada, ou seja, não tem nada a ver uma coisa com a outra", acrescenta.
Ela defende ainda que os preços são iguais para pessoas de baixa renda, que possuem carros menores, e para quem tem um poder aquisitivo maior e automóveis melhores, alegando que muita gente não possui condições para gastar tanto com pedágios. Ela garante também que o Estado está negando um direito da sociedade. "Não há o que defender ou explicar. A constituição é clara quando diz que todos nós temos o direito de ir e vir em todas as estradas do território nacional", conclui. A estudante apresenta o trabalho de conclusão de curso e formou-se em agosto de 2008.

Ela não sabia que área do Direito pretende seguir, mas garante que vai continuar trabalhando e defendendo a causa dos pedágios.

E AGORA?

VAMOS COMPARTILHAR E VER NO QUE ISSO VAI DAR...

BARBOSA MANDA INVESTIGAR LULLA...



Imagem inline 1

*O Ministro está pondo a "cabeça a prêmio". O PT está colocando um bando a caça do seu algoz... 
 

Por Jorge Serrão - 
O ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem tudo para enfrentar problemas sérios no desdobramento judicial do Mensalão. Confirmada a condenação de seu ex-chefe da Casa Civil por corrupção ativa, será impossível sustentar a tese de que José Dirceu agia sozinho na operação de “compra” de partidos base aliada, sem que seu superior hierárquico “soubesse de nada”. Sob a presidência de Joaquim Barbosa no STF, a partir de 18 de novembro, o mito Lula deverá enfrentar o rigor da Justiça – com o agravante de que agora não tem mais foro privilegiado para se blindar.

Os votos de alguns ministros do STF, condenando Dirceu ontem, já deram uma pista de um nome que será investigado no desdobramento da Ação Penal 470. Trata-se de Marcelo Sereno, amigo pessoal de Dirceu, de quem foi assessor, e ex-secretário de Comunicação do PT. Sereno seria o elemento direto de ligação entre a Casa Civil e o gabinete de Lula da Silva. Sereno se torna alvo por suas ligações com Waldomiro Diniz e Carlinhos Cachoeira – cuja CPI o PT faz de tudo para que acabe em pizza, antes que macule a imagem de alguém poderoso do partido.

Embora Lula tenha pregado ontem a candidatos petistas que disputam o segundo turno eleitoral que “é preciso manter a cabeça erguida”, após a condenação de Dirceu, Lula sabe que é a sua própria cabeça que ficará a prêmio daqui por diante. O sinal de alerta foi ligado com a reportagem de setembro da revista Veja, na qual o empresário Marcos Valério, operador do esquema, apontou Lula como o chefe do mensalão. Portador de gravações-dossiês para serem usadas conforme a conveniência, Valério também revelou que o PT usou R$ 350 milhões no esquema.

Assim que assumir a presidência do STF, o herói nacional, Joaquim Barbosa, deverá retirar o estranho segredo de Justiça sobre o Processo Investigatório 2.474. Os 77 volumes em sigilo apuram as supostas irregularidades no convênio entre o Banco BMG e o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), com a participação da Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência (Dataprev), para a “operacionalização de crédito consignado a beneficiários e pensionistas”. O caso dormita “blindado”, desde 2007, no Supremo.

Foi com as mesmas informações desse caso (estranhamente em segredo) que o Ministério Público Federal em Brasília entrou com uma ação na Justiça Federal, por improbidade administrativa, contra o ex-presidente Lula e seu então ministro da previdência Social, Amir Lando. Além de suspeitos de favorecimento ao banco BMG (envolvido com as operações de Marcos Valério), o MPF denunciou Lula e Lando por prática de “autopromoção”. Ambos assinaram as cartas a aposentados e pensionistas oferecendo crédito consignado via BMG.

Investindo nesse mesmo Processo Investigatório 2.474, Joaquim Barbosa já autorizou a abertura de um inquérito para investigar repasses feitos pelo esquema com o BMG para pessoas ligadas ao ministro do Desenvolvimento, Fernando Pimentel, e a outros políticos petistas. O novo inquérito, que tramita na Justiça Federal em Belo Horizonte, investigará repasses que beneficiaram pessoas ligadas aos deputados Benedita da Silva (PT-RJ) e Vicentinho (PT-SP), além de dezenas de outras pessoas e empresas que receberam dinheiro do mensalão. Tal esquema só foi descoberto pela Polícia Federal quando a ação principal do Mensalão já estava em andamento no STF.

A Procuradoria Geral da República já denunciou o deputado Carlos Bezerra (PMDB-MT). Ele é acusado de favorecer as operações de crédito consignado do Banco BMG, quando presidiu o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O BMG é acusado de ter simulado empréstimos de fachada para o PT e as agências de publicidade do empresário Marcos Valério Fernandes de Souza para abastecer o esquema ilícito de pagamento de propina. Gurgel também pediu a abertura de um inquérito independente contra o deputado José Mentor (PT-SP) “para apurar os repasses efetuados em seu benefício pelo grupo de empresas de Marcos Valério”.

Outra frente de negócios que pode bater em Lula. O MPF já mandou para a Justiça Federal em São Paulo a apuração sobre o envolvimento da Brasil Telecom (atual Oi), Telemig Celular e Amazônia Celular com Marcos Valério. A Justiça Federal em Brasília apura sobre irregularidades nas gestões realizadas pelos bancos Econômico e Mercantil de Pernambuco perante o Banco Central. O MPF denunciou que tal gestão também teve o intermédio de Valério. Incluindo os réus agora em julgamento no STF, o mensalão tem 118 réus investigados em outras instâncias do Judiciário.

Quem conduz as investigações da nova frente do Mensalão é a mulher de Roberto Gurgel, Procurador-Geral da República. A subprocuradora Cláudia Sampaio Marques investiga o escândalo desde antes da gestão do marido. O novo inquérito tem 77 volumes e mais de 13 mil páginas. O novo relatório da Polícia Federal, com novidades sobre o caso, com 332 páginas, só chegou ao MPF em fevereiro do ano passado. Como o Procurador-Geral da República, Roberto Gurgel, já avisou que pretende destravar outras frentes de investigação sobre o escândalo, logo após o veredicto no STF, o Mensalão e seus desdobramentos assombrarão Lula e a petralhada agora e muito além da atual campanha municipal.

segunda-feira, outubro 29, 2012

Venezuela vai dar exílio a Dirceu



Mensagem que chegou hoje na minha caixa de e-mail da conta que:

JOSÉ DIRCEU , JOSÉ GENUÍNO, DELÚBIO SOARES E JOÃO PAULO CUNHA ESTÃO COM EXÍLIO CONCEDIDO NA VENEZUELA.

O EMBAIXADOR DA VENEZUELA JÁ ESTA PRONTO PARA EXECUTAR A ORDEM DE HUGO CHAVES.

A DEFESA DOS RÉUS DO PT VAI ACUSAR O STF DE JULGAMENTO POLÍTICO E VAI RECORRER A ÓRGÃOS INTERNACIONAIS DA SENTENÇA.

ISTO CRIA UMA JUSTIFICATIVA PARA A CONCESSÃO DO EXÍLIO .

A NOTICIA É QUENTE E PRECISA SER DIVULGADA.

Irmão de Genoino diz que PT regulará “mídia” à força


Como vocês podem perceber, “regulamentar a mídia” é, acima de tudo, uma questão de sobrevivência para os ilustres petistas.

Em entrevista gravada para o site do PT, o deputado federal José Guimarães (PT-CE), irmão do réu do mensalão José Genoino, disse que após as eleições o partido iniciará o processo de “regulamentação das comunicações”, “quer queiram, quer não queiram”. A declaração pode ser vista no vídeo que publicamos acima.
De acordo com o parlamentar, o partido foi vítima de uma “ação orquestrada pela mídia”. A crítica referia-se à reportagem publicada pela revista Veja que associou Lula ao crime do mensalão. Guimarães disse ainda que a situação “foi além do limite”, e que, por causa disso, o PT teria que enfrentar a questão.

Pra quem não se lembra, Guimarães ficou conhecido nacionalmente em 2005, quando seu então assessor foi detido no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, carregando R$ 200 mil em uma mala e US$ 100 mil na cueca.

O deputado também é alvo de uma ação deflagrada pela Polícia federal que investiga desvios de mais de R$ 100 milhões do Banco do Nordeste.



Moralizar o Brasil

 Merecem ser divulgadas ao máximo as duríssimas palavras proferidas por alguns membros do STF criticando a conduta dos principais envolvidos no chamado mensalão. 

Deveriam ser reproduzidas com frequência e durante vários anos, para servir de alerta a quem ainda pense em imitar aqueles indivíduos e às novas gerações, pois só assim poderemos esperar ver diminuída a corrupção e ter um Brasil melhor.

A triste realidade de um País à matroca



Conforme o vaticínio do Dirceu, “a eleição do Haddad será a resposta do povo ao Julgamento do Mensalão”.

De fato, assistimos à consagração de uma terrível e imbatível bazófia.

Infelizmente, somos testemunhas da tragédia.

Diariamente, recebemos mensagens claras de uma enganação que nos sufoca há anos, décadas. São turbilhões de denúncias irrebatíveis, de golpes vergonhosos, de aproveitamentos grosseiros da nossa paciência.

É o fracasso do Fome Zero, do PAC 1, do PAC 2, do lançamento do navio que nunca navegou, do usufruto do pré - sal, da autonomia em gasolina, em etanol, é o afundamento da Petrobras, da Vale do Rio Doce, e uma hecatombe de corrupções, e malversações, de conchavos, e de Medidas Provisórias sem qualquer respaldo, a não ser a conivência de um Congresso bucéfalo.

Temos assistido a tudo, e uns poucos brasileiros conscientes, descobrimos, divulgamos, denunciamos, expomos as mazelas com minúcias e, no entanto, lá está o Haddad firme e forte como o novo Prefeito de São Paulo.

Sim, nosso futuro está escrito nas estrelas, conforme o petismo lá escreveu.

Pobres nacionalistas e cidadãos cheios de boa fé acreditem: “a canalhada unida jamais será vencida”, a menos que um valor mais alto se alevante.

Hoje, diante desta triste realidade, de má - vontade, admitimos que tal estado de imbecilidade coletiva somente será banido com medidas drásticas, que poderão contrariar os princípios da democracia.

Mas o que fazer, se eles escorados naqueles maleáveis princípios, manipulam, tripudiam e cada vez mais se fortalecem?

Sim, continuaremos denunciando, reclamando e provando. Porem é evidente que é preciso, a partir de um determinado momento, mesmo para os mais pacifistas, aqueles que acreditam no ressurgimento natural da verdade e na emergência espontânea da justiça, que eles partam para a execução de ações pró - ativas.

É impositivo que seja abandonada a atitude passiva, que seja expurgada a leniência covarde, a cumplicidade pela ausência de qualquer gesto de desagrado, pois a nossa passiva anuência é transformada em força para um bando de canalhas, muitos já condenados pelo STF.

Eles são apenas aproveitadores de nossa ausência de reação.

O PNHD3, a Comissão da Verdade, a protelação do julgamento do mensalão, a eleição do inefável Haddad, entre centenas de barbaridades, que nos foram enfiadas goela abaixo, como o pré - sal e outros engodos são modestos exemplos de como sem fazer qualquer coisa de relevante para a Nação é possível obter - se os louros de celebridades e sobrepor – se a tudo e a todos.

Eis um breve retrato de uma Nação que anda à matroca, sob a égide de uns poucos, de uma quadrilha, pois basta observar que os capangas do grupelho ocupam e se revezam nos mais altos postos, no Executivo, nos Ministérios (Ciência e Tecnologia, Educação; Turismo, Cultura, etc.).

Alguém tem duvida de que o Dirceu seria o substituto do Lula? O azar dele foi o Jefferson.

Lamentavelmente, endossamos pelo silêncio, pela falta de coragem, um triste futuro para o País e para os seus inermes habitantes.

Tantas já suportamos que é chegada a hora de indagar se a virada, e se for o caso, até às ultimas consequências, para extirpar este cancro que se espalha pelo território nacional, em terrível metástase, não deveria ser enxotado aos pontapés?

Brasília, DF, 29 de outubro de 2012

Gen. Bda Rfm Valmir Fonseca Azevedo Pereira

Vc sabe quanto custa o seu voto obrigatório?

Ouvi a notícia hoje na Radio Gaúcha: Quem não votou tem até dia 7 de dezembro para justificar. Se não o fizer estará sujeito a uma multa de R$3,50, a qual não tem prazo para pagar. Vc tem que pagá-la se for necessário a comprovação de estar quite com a justiça eleitoral(concurso público, passaporte, etc). É isto aí então. R$ 3,50 é o preço do voto obrigatório ou quem sabe poderia dizer que é o preço de não votar.

domingo, outubro 28, 2012

Os dez países que mais pagam impostos



Os 10 países onde MENOS se trabalhou em um ano para pagar impostos em 2011. 

1. Maldivas: 0 horas 
2. Emirados Árabes Unidos: 12 horas 
3. Bahrein: 36 horas 
4. Qatar: 36 horas 
5. Bahamas: 58 horas 
6. Luxemburgo: 59 horas 
7. Omã: 62 horas 
8. Suíça: 63 horas 
9. Irlanda: 76 horas 
10.Seicheles: 76 horas 

Os 10 países onde MAIS se trabalhou em um ano para pagar impostos em 2011: 

1. Brasil: 2.600 horas ( é mais que o dobro do 2º colocado! ) 
2. Bolívia: 1.080 horas 
3. Vietnã: 941 horas 
4. Nigéria: 938 horas 
5. Venezuela: 864 horas 
6. Bielorrússia: 798 horas 
7. Chade: 732 horas 
8. Mauritânia: 696 horas 
9. Senegal: 666 horas 
10.Ucrânia: 657 horas 

Fonte: Banco Mundial (Doing Business 2011) 

"O Brasil tem a maior carga tributária do mundo para pagar a maior corrupção do mundo"

quinta-feira, outubro 25, 2012

E agora ?



 O réu JOSÉ GENUINO NETO recebeu,indevidamete, por motivos políticos, a MEDALHA DO PACIFICADOR, como uma homenagem do EXÉRCITO.

De acordo com o Decreto nº 4207 de 23/Abr/12,que regulamentou a matéria, temos:

Art 10. Perderá o direito à Medalha…
II-O condecorado que…
a)Tenha sido condenado pela justiça do BRASIL, em qualquer foro.
§ único. A CASSAÇÃO será feita “ex ofício”, em ato do Comandante do EXÉRCITO.


Você acredita que a medalha será cassada??? 


segunda-feira, outubro 22, 2012

VOTE NA DILMA


por Arnaldo Jabor

VOTE NA DILMA !
as promoções da época!
Vote na Dilma e ganhe, inteiramente grátis, um José Sarney de presente agregado ao Michel Temmer.
   
Mas não é só isso, votando na Dilma você também leva, inteiramente grátis (GRÁTIS???) um Fernando Collor de presente.
   
Não pense que a promoção termina aqui.
   
Votando na Dilma você também ganha, inteiramente grátis, um Renan Calheiros e um Jader Barbalho.
   
Mas atenção: se você votar na Dilma, também ganhará uma Roseana Sarney no Maranhão, uma Ideli Salvati em Santa Catarina e uma Martha Suplício em S.Paulo.
   
Ligue já para a Dirceu-Shop, e ganhe este maravilhoso pacote de presente: Dilma, Collor, Sarney pai, Sarney filho, Roseana Sarney, Renan Calheiros, Jáder Barbalho, José Dirceu, Delúbio Soares, José Genoíno, e muito, muito mais, com um único voto.
   
E tem mais, você também leva inteiramente grátis, bonequinhos do Chavez, do Evo Morales, do Fidel Castro ao lado do Raul Castro, do Ahmadinejad, do Hammas e uma foto autografada das FARC´s da Colombia.
Isso sem falar no poster inteiramente grátis dos líderes dos bandidos "Sem Terra", Pedro Stedile e José Rainha, além do Minc com uniforme de guerrilheiro e sequestrador.

Ganhe, ainda, sem concurso, uma leva de deputados especialistas em mensalinhos e mensalões. E mais: ganhe curso intensivo de como esconder dinheiro na cueca, na meia, na bolsa ..., ministrado por Marcos Valério e José Adalberto Vieira da Silva e José Nobre Guimarães.
   
Tudo isto e muito mais... 
Observação: 
TSE retira comentário do Arnaldo Jabor do Site da CBN 


.
Não deixe de repassar é o mínimo que podemos fazer diante de tanta corrupção! 
ESSE TEXTO PRECISA E DEVE SE TRANSFORMAR NA MAIOR CORRENTE QUE A INTERNET JÁ VIU !!!

sexta-feira, outubro 19, 2012

quinta-feira, outubro 18, 2012

Como Lewandowski julgaria Hitler..


"Senhores, não existem filmes, fotos, nem testemunhas de Hitler abrindo registro de gás em campos de concentração, nem apertando o botão de uma Bomba V2 apontada para Londres, pilotando um caça Stuka, dirigindo um tanque Panzer, disparando um torpedo de um submarino classe U-Boat sobre seu comando a navegar no Atlântico ou mesmo demonstrando habilidades no manuseio de um canhão antiaéreo Krupp, manipulando uma metralhadora MP40, uma pistola Walther P-38 ou simplesmente dirigindo um jipe Mercedez Benz acompanhado do general Von Rommel pelos desertos do norte da África.****

Por isto, parece claro que não existe nada a incriminá-lo. Com certeza, ele não sabia de nada. Não via nada. A oposição diz que foram queimados documentos incriminatórios importantes, mas nada, absolutamente nada foi comprovado, apenas evidenciou-se a existência de cinzas e destroços por todos lados que somente foram trazidos com a chegada dos americanos e russos que não fazem parte da peça de acusação do proceso entregue pelo "Parquet"; o Sr. Procurador.****

 ****

Afinal, ele seria apenas um Chanceler e presidente do Partido Nazista.
Jamais foi pego, ou mesmo visto transportando armamentos debaixo dos braços ou carregando pacotes de dinheiro nas cuecas.****

 ****

Alguns relatos que citavam seu nome eram meros registros de co-réus, como alguns membros da Gestapo, os quais, por conseguinte, carentes de confiabilidade. ****

 ****

Outros relatos são de inimigos fidagais - os denominados "Países Aliados" e assim longe de merecerem qualquer relevância para serem tomadas como fundamentos de acusação. ****

 ****

Alguns o acusam de ter invadido Paris e desfilado sob o Arco do Triunfo.
Esta é mais uma acusação inventiva dos opositores. As fotos o  mostram sorridente e sem qualquer sentimento de belicosidade. È possivel que ele tenha pretendido visitar  o General De Gaule que infelizmente havia viajado para o sul da França. . Qualquer outra conclusão é mera ilação ou meras conjecturas que atentam a qualquer inteligência mediana. Por aí, vemos que nada, contribui para a veracidade das acusações.****

 ****

Não afasto a possibilidade dele ser o suposto mentor intelectual, mas nada, repito, nada consubstancia esta hipótese nos autos. E olha que procurei em mais de 1 milhão e 700 mil páginas em 10.879 pastas do processo. ****

 ****

E não podemos esquecer que ele foi vítima de diversos atentados que desejavam sua morte, articulados pela mídia e pelas potentes e inconformadas forças conservadoras. Seus ministros como Goebels, Himmiler, Rudolf Hess e outros também nada sabiam. 
Eram coadjuvantes do NADA; sem nenhuma responsabilidade de "facto". ****

 ****

O holocausto  talvez tenha sido um suicídio coletivo ao estilo do provocado há anos nos EUA pelo Pastor Jim Jones. É,  ainda hoje, um tema controverso.
Assim trago aos pares, como contraponto, a tese defendida pelo filósofo muçulmano Ahmanidejahd que garante a inexistência de tal desgraça da humanidade.****

 ****

Assim - já estou me dirigindo para encerrar meu voto Sr. Presidente - afirmando acreditar que todos eles foram usados, trapaceados por algum aloprado tesoureiro de um banco alemão que controlava financeiramente a
tudo e a todos; especialmente os projetos políticos e as doação corruptivas. E tudo em nome da realização de um plano maquiavélico
individual de domínio total que concebeu e monitorava do porão da sua pequenina casa nos Alpes. ****

 ****

Depois desta minha "assentada" declaro a improcedência da ação, inocentando por completo o réu por falta de provas. É como voto Sr. Presidente."****

***************************************************************



segunda-feira, outubro 15, 2012

Manobra no STF


Inconformados com a possibilidade do subchefe da quadrilha do Mensalão (o chefe é LULA DA SILVA) , José Dirceu , ser condenado , pressionaram a Predidenta Dilma para nomear , imediatamente ,um novo ministro para o Supremo .

O novo ministro , se tomar posse antes da sentença final do Mensalão , poderá , legalmente , pedir "vista do processo" , o que seria justificável pelo fato de se tratar de um processo com mais de 50 mil páginas .

O que isso poderá acarretar ?
Simplesmente , dado o  número elevado de peças , poderá resultar no atraso de pelo menos 6 meses para o processo voltar à pauta .
Com isso , Dilma terá tempo de nomear mais 2 ministros , um certo , aposentadoria de Ayres Brito , o outro provável , aposentadoria antecipada de Celso de Mello.

Caso esses 3 votem , em possível Embargos Infringentes ou Embargos de Declaração, tanto faz, isso poderá significar, caso o Zé Dirceu seja condenado , EM DIMINUIÇÃO DE PENA, o que levaria , dado o longo transcurso de tempo entre a denúncia e a condenação , EM PRESCRIÇÃO DA PENA, ou seja, seriam condenados mas não iriam para a cadeia , sendo suas PENAS CONSIDERADAS EXTINTAS , não gerando qualquer punição , ficariam com a Ficha Limpa.
Carlos Sinatra


VEJA A NOTÍCIA ABAIXO :

BRASÍLIA - O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) , Carlos Ayres Britto , disse nesta segunda-feira que Teori Zavascki , novo integrante da Corte indicado pela presidente Dilma Rousseff, poderá participar do julgamento do mensalão caso o seu nome seja aprovado pelo Senado antes do fim da ação penal . Para Britto , Zavascki pode , inclusive , pedir vista do processo para votar , possibilidade que atrasaria ainda mais o julgamento , sem data prevista para terminar.

segunda-feira, outubro 08, 2012

AUSÊNCIA DE VERGONHA



Prof. Marcos Coimbra
Membro do Conselho Diretor do CEBRES, Titular da Academia Brasileira de Defesa e da Academia Nacional de Economia e Autor do livro Brasil Soberano.
-----------------------
A imprensa noticia que “A Central Única dos Trabalhadores (CUT) recebeu quase R$ 50 milhões para um projeto de alfabetização e, diante da falta de execução de parte do programa, precisou devolver dinheiro aos cofres públicos. A Petrobras repassou R$ 26 milhões à entidade sindical entre 2004 e 2007, por meio de três convênios, dinheiro destinado ao projeto Todas as Letras. Já o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), vinculado ao Ministério da Educação, encaminhou outros R$ 23,9 milhões. A CUT devolveu, então, R$ 339,6 mil à Petrobras e R$ 4,5 milhões ao FNDE. Agora, o Tribunal de Contas da União (TCU) concluiu que “não há elementos suficientes para atestar a boa e regular aplicação” dos R$ 45 milhões restantes, que ficaram com a entidade para alfabetizar jovens e formar alfabetizadores. A CUT terá de devolver dinheiro mais uma vez, conforme acórdão aprovado pelo TCU”.
É mais um dos escândalos que assolam nosso país, agora na área sindical. E é proveniente de um erro de essência. Quem tem a missão de alfabetizar é o sistema institucional de ensino, de acordo com a legislação vigente no país. As centrais sindicais possuem outras importantes funções, as quais, aliás, não executam como deveriam. O triste episódio de criação pela atual administração petista, através da Lei nº 2618, de 02.05.2012, que instituiu “o regime de previdência complementar para os servidores públicos federais titulares de cargo efetivo, fixando o limite máximo para a concessão de aposentadorias e pensões pelo regime de previdência de que trata o art. 40 da Constituição Federal (CF)” é um claro exemplo disto. Nem as administrações anteriores (FHC e Lula) conseguiram concretizar tal violência, fato aceito sem grandes reações dos sindicatos.
         Presenciamos uma vergonhosa barganha de cargos da administração pública pelos principais partidos em que sua "administração" está sustentada. É a administração dos "cumpanheiros". Continuam insensíveis aos reclamos do povo, a concretizar a privatização, por imposição externa, desnacionalizando a economia brasileira e destruindo o parque produtivo. Agora chegou a hora dos aeroportos e portos.
Isto sem falar no tenebroso episódio do “mensalão”, até agora enfrentado com coragem pela atual maioria dos integrantes do STF. Mas até quando esta atitude prevalecerá, considerando-se as substituições que brevemente ocorrerão? O futuro presidente do STF deverá propor uma urgente e indispensável mudança na forma de investidura dos ministros do Supremo, pois a atual é inaceitável, representando claramente uma indevida interferência no Judiciário.
O BNDES concede financiamentos a juros subsidiados a empresas e setores escolhidos em função de razões outras que não as eminentemente técnicas. E tudo é feito sem reação daqueles que deveriam agir e são pagos para isso. São fatos inquestionáveis capazes de comprovar que a atual administração petista governa principalmente para uma minoria da população, para a elite financeira. Para eles, tudo é permitido. Para os 95% restantes da população, sobram a recessão, o subemprego, a pobreza, a desesperança, a não ser para os beneficiados pelos diversos programas de "bolsas a título de esmolas" que são implantados com fins eleitoreiros.
A presidente "comanda" um grupo de indivíduos, sem o mínimo compromisso com os Objetivos Nacionais Brasileiros, sem elaboração de uma Política Nacional ou de uma Estratégia Nacional. É uma verdadeira "legião de cumpanheiros", sem competência. Limita-se a cumprir as determinações de quem a elegeu, passando a fazer aquilo que prometeu não fazer, ou seja, utilizar-se da máquina governamental para influir nos resultados das eleições e participar como coadjuvante da campanha eleitoral. As nomeações do senador Marcelo Crivella e da senadora Marta Suplicy tiveram claramente como motivação principal a alavancagem do “poste” Haddad em SP.
Os candidatos da base governamental, com especial destaque para o prefeito Eduardo Paes e seus 20 partidos aliados, com os vastos recursos financeiros disponíveis, controlam a mídia amestrada, comprando os principais formadores de opinião ou garantindo a cumplicidade dos principais veículos, através da colocação de publicidade farta, que garante a sobrevivência destes grupos. Os institutos de pesquisa, de um modo geral, publicam os resultados de interesse de quem paga a pesquisa. A apuração eletrônica não é confiável. A oposição é tíbia, fraca, em parte já cooptada.
As Instituições Nacionais são progressivamente atacadas, com o propósito de imobilizá-las. É um desmonte geral. Será muito difícil promover uma mudança no sistema de poder existente, enquanto perdurar a aliança entre a grande burguesia nacional e o capitalismo apátrida, ou seja, a aliança entre as oligarquias locais e o sistema financeiro internacional. Entretanto, é inevitável o progressivo aumento da área de conflito entre estes dois segmentos.
Apenas quando houver a ruptura entre os atuais integrantes da base governista, então surgirá a oportunidade de vitória de um candidato verdadeiramente nacionalista, em oposição ao processo de recolonização do Brasil, atualmente em plena expansão. 

sábado, outubro 06, 2012

Quem chegou primeiro e quem foram os invasores!"

Por Euro Brasílico Vieira Magalhães
Um exemplo de oratória e habilidade política, ocorrido recentemente na ONU, fez sorrir toda a comunidade mundial ali presente.


Falava o representante de Israel na ONU:
- "Antes de começar o meu discurso, quero contar-lhes algo inédito sobre Moisés.
... (todos ficaram muito curiosos)
...Quando Moisés golpeou a rocha com seu cajado e dela saiu água, pensou imediatamente":
"Que boa oportunidade para tomar um banho!".
Tirou a roupa, deixou-a junto da pedra e entrou n´água. Quando acabou de banhar-se e quis vestir-se, sua roupa tinha sumido! Os palestinos haviam-na roubado!!!"


Um representante da Palestina de pronto levantou-se furioso e bradou:
- "Que mentira boba e descabida! ...Nem havia palestinos naquela época!!!"
O representante de Israel então sorriu e afirmou:
- "Muito bem... Então, agora que ficou bem claro quem chegou primeiro a este território e quem foram os invasores!"
"Posso enfim começar o meu discurso..."


Se um discurso semelhante fosse aplicado ao Brasil, seria mais ou menos assim:
Em 1.979, os Governos Militares, depois de salvar o Brasil do comunismo, e prepará-lo para um futuro brilhante, com uma grande infraestrutura governamental, resolveram iniciar a abertura política e se retirar totalmente da área política, preparando inclusive uma Lei da Anistia, para perdoar até mesmo aos traidores da Pátria, entre eles muitos assassinos, sequestradores e assaltantes.


Mas o PT roubou toda a minuta desses documentos!!!
Aí, com certeza, uma voz de um petista, raivosa, diria:
MAS EM 1.979 O PT NEM EXISTIA!!!! Então podemos afirmar com absoluta certeza de que o PT nada fez para a Democratização e Abertura Política do País, nem para seu desenvolvimento, muito pelo contrário:


CONDENOU-O AO ATRASO, À IGNORÂNCIA E À DESONESTIDADE ENTRE SEUS PARES EM TODO O MUNDO!


A INGUINORÃNCIA É QUE ASTRAVANCA O POGRESSO



Lula,

o nosso "ex comandante", fez uma declaração "histórica", na semana passada, na posse de diretores do Sebrae: 

"Temos que reconhecer que a situação é delicada, e que essa crise é, possivelmente, maior que a crise de 1929. E temos que reconhecer que o Roosevelt só conseguiu resolver a crise de 29 por causa da II Guerra Mundial.
Como não queremos guerra, queremos paz, nós vamos ter que ter mais ousadia, mais sinceridade, mais inteligência, porque... eu não admito que, uma guerra, para resolver um problema econômico, tenha 6 milhões de mortos". 

COMENTÁRIOS PERTINENTES/

REGISTROS HISTÓRICOS.

1. A Segunda Guerra Mundial não teve absolutamente nada a ver com a crise americana de 1929;

2. A Segunda Guerra Mundial foi motivada pelas condições impostas à Alemanha pelos vencedores da Primeira Guerra Mundial, que durou de 1914 a 1918;

3. A Segunda Guerra Mundial começou em 1939 e terminou em 1945 e os Estados Unidos mandou suas tropas para Europa – entrou na guerra contra a Alemanha - em 1941;

4. A Segunda Guerra Mundial encerrou com 52 milhões de mortos, quase dez vezes mais que o número que o boçal falou;

5. Seis milhões foram as vitimas do Holocausto, patrocinado pelos nazistas. O dito cujo confundiu tudo o que a assessoria dele informou (tenha paciência, não queira que a limitada massa cinzenta dele decore tudo que lhe passam);

6. Em 1929, o mundo não tinha e nem imaginava o que seria uma economia globalizada;      

7O Presidente Franklin Delano Roosevelt resolveu a crise americana diminuindo custos e impostos, e reduziu drasticamente as despesas do governo, exatamente o contrário do que a antológica anta e seus ministros não fizeram e que o atual governo também não está fazendo;

8
. Pela declaração imbecil, Sua Excia Metalurgí­ssima, Sr. Luís Inácio Lula da Silva, imagina que a crise só será extinta por meio de uma guerra mundial, mas ele, "o grande pacifista e magnânimo lí­der" não admitirá uma guerra mundial para que a crise seja solucionada, muito menos com 6 milhões de mortos. É mole?


 E esse é o cara que atingiu 74% de popularidade...

Dá para acreditar?

Eu faço parte dos 26% que nem podem ouvir falar no nome dele e do PT & Cia,sem que fiquem com o estômago embrulhado e com ânsias insuportáveis...


DEUS SALVE

A NOSSA PÁTRIA!